quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Meu pré-diário de parto ou meu pós diário de gestação! - parte 1

Geeeeeente... há meses eu não apareço no meu blog para dar notícias, para contar como tem sido minha gestação. Lendo meu último post, que foi quando contei sobre minha gravidez, percebi que fazem 5 MESES que eu não dou as caras por aqui...
E (juro), não foi por falta de querer!

Mas bom, vamos lá né...

Resolvi criar um (pré) diário de parto ou (pós) de gestação. Aí vai do jeito que cada um quiser interpretar rs!

Vou dividi-lo em partes, para que os posts não fiquem muito grandes!

Muito bem!!

Junho 2015:
  • Minha DUM foi 02/06/2015... portanto, minha bebê começou a ser tecida dentro de mim uns 10 ou 15 dias depois, pelo que eu calculo. Obviamente, que o único que sabe de tempo nesse caso, é Deus. Me lembro que dia 18/06 eu tive uma tomografia de crânio... mas estranhamente, não estava a vontade com a situação, como se isso fosse me causar algum problema muito sério!
  • Durante os dias que se seguiram, passei mal, tinha enxaqueca, fazia 12 horas no comercio q eu trabalhava... e não, não estava feliz! Pelo contrário... passava o dia irritada, desenvolvi síndrome do pânico e me dei conta, no início do outro mês, que minha menstruação estava atrasada (meu ciclo, que sempre foi curto, ficou mais curto ainda, portanto, eu deveria ter menstruado lá pelo dia 27 ou 28 de junho).

Julho 2015:
  • Iniciou o mês e nada... comecei a finalmente suspeitar de gravidez, embora sentisse que já o estava, mesmo não querendo acreditar, pois tinha medo da tomografia. Finalmente dia 07 eu fiz o teste de farmácia, suplicando para que desse negativo. De olhos fechados, no banheiro do shopping, implorei pelo negativo. Quando abri os olhos, vi aqueles dois risquinhos no teste... meu coração quase parou!
Não tinha medo da gravidez em sí, pelo contrário... eu a desejava muito. Meu pânico se deu por conta da tomografia. Temi ter perdido aquela vidinha, que tinha começado a ser tecida, para alguma má formação que me levasse essa vida embora. Temi que ali, não tivesse nada mais que um "ovo cego". Voltei pra loja em choque. Peguei uma foto da internet e mandei pro meu marido... ele entendeu na hora!




No feriado (9 de julho), contei pros patrões...
  • A patroa, que tentava engravidar já havia algum tempo, surtou logo depois...
  • Começaram as humilhações, xingamentos, assédio moral...
  • Enjoos, qse desmaios faziam parte da minha rotina. Resolvi por conta própria e pelo bem dos clientes, não atender mais. A medicação me fazia dormir qse em pé.
  • Passei o aniversário no hospital, estômago atacado... porém, fora minha mãe e meu marido, ninguém mais sabia (exceto os patrões tb e os bombeiros do shopping, pq começou a ficar diária minha passagem por lá rs).
  • Iniciei pré natal no convênio.
  • Iniciei pré natal no SUS (cêloka né? - Conto o pq dps)
  • Soubemos que minha mãe está com insuficiência renal (um choque)

Agosto 2015:

  • Minha irmã descobriu, por comentário da minha mãe, sobre minha gravidez. Obviamente, meu pai tb rs!
  • Minha primeira US = OMG, tomara que esteja bem, tomara que esteja inteiro!! Tomara que eu não tenha causado nenhum mal nesse inocente ser!!
  • US OK!! OOOWWW GLÓRIA!
  • Problemas na loja! Peço conta... GRÁVIDA!
  • Segundo relatos, alívio dos patrões, sorriso da patroa!
  • Segunda vez passando por isso... pedindo conta grávida! Ok... antes perder $ que arriscar perder uma vida e a paz!
  • Aviso prévio!
  • Consulta e exame no convênio.
  • Apenas exame no SUS (eu ainda vou fazer posts para comparar os serviços prestados na MINHA gestação no estilo convênio x SUS Jacareí).
  • Contei pra uma colega obstetriz;
  • Contei pra uma colega doula;
  • Comecei a pensar num parto domiciliar... 
Setembro 2015:

Contamos para os amigos no FB sobre nossa gestação.
Mais constrangimentos na loja (mulheres tb podem ser extremamente machistas com outra mulher, principalmente se ela estiver grávida e vulnerável; a situação agrava se existe uma hierarquia nisso).
Os enjoos começam a diminuir aos poucos;
Faço inscrição para o concurso público de Jacareí, no cargo de Agente comunitário de saúde.
Leio, me atualizo sobre o sistema... e, pra nenhuma surpresa minha, continuava tudo a mesma coisa na região, um pouco pior até...
Consulta no convênio;
Primeira consulta no SUS, com pedido de US "urgente", pois já havia passado do período ideal para tal;
Meu último dia de trabalho foi num sábado; (comemorado, diga-se de passagem).
Não sinto mais praticamente nenhum enjoo; ESTOU LIVRE!! #sqn, disse meu sistema endócrino!!
US do SUS marcado (claro, com urgência), para final de OUTUBRO... (afff)

Outubro 2015:

Com o dinheiro que recebi da recisão, invisto em produtos e uma cadeira para começar a atender clientes em casa;
Nunca me senti tão feliz de estar trabalhando sem rotina...
Filha mais velha passa a dar trabalho pra dormir... e começa a dormir no nosso quarto;
Mantenho contato com a coordenadora da equipe de obstetrizes do Vale, o Ópis, e vamos sempre nos falando.
Monto meu pequeno negócio na garagem dos meus pais... humilde a beça, mas trabalho em paz, perto da minha filha e da minha família.
Consulta no convênio, tudo ok! Pede novo US, de segundo trimestre.
Vou fazer a US do SUS, a primeira da gestação toda e... NÃO FOI FEITA POR GREVE DOS MÉDICOS! Não fui avisada, perdendo a viagem. Dizem q entram em contato para remarcar.
Começo a atender minhas clientes e, tudo indo bem...

Novembro 2015:


Nenhum comentário: